Os Milagres da Ciência

Selecionar Indústria


Press Release 2008

WILMINGTON, Del., dezembro de 2008 – A edição 2008 do Relatório da DuPont sobre Popularidade das Cores Automotivas concluiu que o branco é a principal escolha para os veículos da América do Norte pelo segundo ano consecutivo e é também uma forte opção global, com “efeitos brancos” permitindo que os consumidores imprimam diferenciais sutis em seus carros para expressar sua individualidade.  O preto e o prata com efeitos também tiveram um desempenho global expressivo. O termo “efeito” se refere a pigmentos especiais que emprestam uma aparência perolada ou iridescente aos revestimentos.

O branco e o branco perolado alcançaram a pontuação de 16% e 4%, respectivamente, enquanto o preto e os efeitos do preto atingiram 11% e 6%. A prata, que lidera o bloco por seis anos consecutivos, ficou com a parcela de 17% do mercado norte-americano.

Principal fornecedor de revestimentos para o mercado global de carros novos e também para o segmento de reparo automotivo, a DuPont ampliou neste ano o escopo global de seu respeitado Relatório sobre Popularidade das Cores Automotivas para incluir dados específicos dos mercados emergentes da Índia e da Rússia. A indústria automotiva está se expandindo rapidamente nesses dois países.

A cor preferida na América do Norte revela diversas tendências. Primeiramente, há uma convergência global contínua da preferência de cores, tornando-a mais homogênea em todo o mundo. Além disso, a DuPont continua a identificar o branco como a cor mais popular da paleta de tintas, o que sinaliza uma pausa após uma tendência duradoura e o avanço de uma nova tendência.  A edição 2007 do Relatório da DuPont sobre Popularidade das Cores Automotivas já havia anunciado o fim de um reinado de sete anos da cor prata.

“Estamos vendo que cores básicas como o preto, o branco e o prata continuam na liderança, mas os consumidores estão procurando se diferenciar com revestimentos triplos e outros efeitos”, afirma Karen Surcina, gerente de marketing de cores da DuPont Performance Coatings. “Essas cores e efeitos oferecem um grau mais elevado de personalização e um toque de luxo que permitem aos consumidores ter um diferencial conservador a partir da paleta tradicional de cores.” O sistema de pintura com revestimento triplo consiste de uma base e uma camada intermediária que tenha cor e pigmentos especiais de “efeito”, seguida por um revestimento claro.

“Ainda que o preto, o branco e o prata continuem fortes, estamos vendo interessantes tendências se desenvolvendo”, completa Surcina. “A popularidade dos verdadeiros tons cromáticos, como o azul e o vermelho, está em ascensão. O azul está crescendo globalmente à medida que os consumidores procuram temas e estilos de vida mais relacionados com o ambiente.”

“O azul está sendo utilizado como `o novo verde´, pois é senso comum para pessoas do mundo inteiro que essa cor também pode representar a preservação da natureza”, explica Leatrice Eiseman, diretora executiva do instituto de Cores Pantone e autora do Color: Messages and Meanings. “Imagine um céu azul claro espelhado em um límpido lago azul e você logo verá a imagem. É um favorito universal.”

Convergência global e diferenciações regionais

O estudo global sobre a popularidade das cores revela que as preferências estão convergindo mundialmente, mas dentro da convergência há uma diferenciação sutil entre mercados. Conforme a DuPont relatou em junho de 2008, o azul está se tornando mais popular e está atualmente com 13% da preferência do mercado total de consumidores na América do Norte.  O azul ficou com 12% a 13% do mercado nos últimos anos e é uma das cinco principais opções de cor em todos os mercados, com exceção do Brasil.

“Cores neutras como o prata e tons claros de cinza arrebataram um grande volume, mas no longo prazo há uma tendência de queda em quase todas as regiões”, afirma Nancy Lockhart, designer de cores da DuPont para a América do Norte. “No futuro, será imperativo renovar o estilo dessas cores populares com efeitos que possam recuperar a popularidade.” 

Europa

A Europa está dominada pela popularidade dos veículos pretos em todos os segmentos. O preto com efeitos, o branco, o branco perolado e a prata são as cores mais populares e há uma leve ascensão de vermelhos brilhantes no relatório deste ano. O ranking permanece consistente, apresentando o preto e os efeitos de preto com 26% do mercado, o prata com 20% e o cinza com 18%.  

O branco e o branco perolado tiveram um leve aumento na popularidade, subindo de 8% no ano passado para 10% em 2008. Tons neutros quentes do bege e do marrom ganharam popularidade novamente em 2008, alcançando 4% em relação aos 2% no ano passado.

“As atuais preferências são influenciadas fortemente por conceitos ecológicos, com um crescimento de demanda por visuais claros, puros e sofisticados e a força do azul que demonstra otimismo em relação ao futuro”, afirma Elke Dirks, designer de cores da DuPont para a Europa.  “No longo prazo, acreditamos que os consumidores europeus exigirão dos fabricantes de carros uma paleta mais colorida e mais personalizada.”

Rússia

“A preferência de cores dos russos mostra um uso esmagador de prata que corresponde a 30% do mercado. O preto e o vermelho ficam com 14% e há leves diferenças entre o verde (13%), o azul (12%) e o branco (10%). Embora a Rússia tenha maior inclinação para as cores prata e preto, o vermelho e o verde são mais populares do que em qualquer outra região, o que demonstra uma tendência diversificada de cores.

Ásia

O mercado da Índia mostra uma forte preferência pelo branco e pelo branco perolado, com 17% e 11%, respectivamente, seguido pelo prata com 27%.  Como na Rússia, as cores fortes também tiveram um bom resultado, apresentando o vermelho com 12% e o azul com 8%.  O preto e os efeitos de preto tiveram 6% e 1%, respectivamente. O amarelo e o ouro ficaram com 7%.

O prata permanece excepcionalmente forte nos países asiáticos China, Coréia do Sul, Japão e Índia.  Na Coréia do Sul, o prata representa 50% do mercado, acima do índice de 39% registrado no ano passado. O prata é a principal cor na China, demonstrando forte crescimento e 32% da preferência em 2008, acima do patamar de 23% em 2007.  Japão e Índia apresentaram o branco e o branco perolado nas principais posições (com 8% e 24% e 17% e 11%, respectivamente). O prata teve um excelente resultado com 28% no Japão e 27% na Índia.

“O branco e o pérola com revestimento triplo são extremamente populares na maior parte da região Ásia-Pacífico”, afirma Emily Hung, designer de cores da DuPont para a Ásia-Pacífico.  “No Japão, vemos uma preferência irresistível pelo branco perolado e pelo branco com efeitos.”

“Na Índia e na China, vemos um amplo espectro de cores oferecido para atrair os jovens consumidores para carros compactos”, afirma Hung. “Além disso, o azul metálico escuro é popular e estamos fazendo ajustes finos em diversos tons para a região.”  

México e Brasil
O branco e o preto são as cores mais populares no México, com 20% cada. O prata detém 17% e o cinza, 13%.  Seguindo os tons neutros frios, o azul mostra força com 12% e o vermelho segue com 11%.  Os tons neutros dominam o Brasil, com prata (31%), preto (25%), cinza (16%) e branco (11%).  O vermelho é o tom cromático mais popular com 8% do mercado.

No que prestar atenção – na exposição “Time for Color” da DuPont

“Time for Color” é o tema da edição deste ano das previsões da Dupont sobre a tendência global de cores para a indústria automotiva.  Tempo é um fator importante na evolução das cores. Os consumidores estão se voltando cada vez mais para a individualidade, designs expressivos de carros, veículos pequenos e economia de combustível. Esses elementos exigem tons inovadores que ofereçam uma visão futurista da tecnologia.  Em sua exposição anual para designers de automóveis de todo o mundo, a DuPont apresenta tendências, a disponibilidade de cores e novas tecnologias de revestimento oferecidas ao mercado.  

“Entre muitos ambientes que o cercam, as cores da roupa, da casa e do carro são as mais pessoais”, afirma Eiseman.  “Como afirmei em meu livro More Alive With Color, cada um de nós tem afinidade próprias com os vários tons que aparecem em diferentes horas do dia. A DuPont capturou a essência das cores e da luz que realmente expressa as várias personalidades e conceitos de conforto.”

A mostra deste ano destaca quatro temas para exemplificar as tendências em cores: manhã, meio-dia, noite e madrugada.  O grupo da manhã trata das cores claras e puras, oferecendo respostas para o desenvolvimento de conceitos ecológicos com demandas altamente estéticas.  As cores do meio-dia destacam o caráter pessoal dos veículos. Elas são vivas, otimistas na aparência e enriquecem o crescente mercado de carros compactos de uma maneira altamente inovadora.  O grupo da noite é muito emocional, criando uma coleção altamente individual de meios tons com efeito multicolor e variações incomuns.  Há bastante tempo para sonhar no grupo da noite que contempla a harmonia em uma época em valores e tradições estão em mudança.  As cores escuras profundamente matizadas com brilho e lustre ilusionistas asseguram versões especiais.

Variações de tons e luminosidade também estão prontas para chegar. Algumas versões de metálico sólido com um toque de cor oferecem uma alternativa moderna para o prata, uma das opções de cor favoritas até pouco tempo atrás. A consciência e a adoção da tecnologia “verde” e os conceitos relacionados com o ambiente também influenciaram as tendências de cores na exposição deste ano, que traz tons leves ou semelhantes à água na natureza.  A ênfase no mercado automotivo leva a atenção para novas áreas de cores. A demanda por tons cromáticos brilhantes deve crescer nos mercados globais. A tecnologia DuPont Chrystal Chroma vai ganhar a importância por oferecer esses tons cromáticos. É mais um vez “Time for Color”.

DuPont apóia a indústria automotiva global

Além de tintas e revestimentos, a DuPont apóia as indústrias automotivas e de transporte de todo o mundo com um amplo conjunto de produtos, incluindo elastômeros para mangueiras, correias e outras peças, plásticos de engenharia para componentes moldados, eletrônicos para microcircuitos, circuitos flexíveis e impressos, e uma grande variedade de películas de poliéster.  A DuPont também oferece produtos de vidro laminando, componentes para célula de combustível, refrigerantes e materiais para proteção térmica.  A DuPont está trabalhando ativamente para lançar materiais sustentáveis, biomateriais como telas e polímeros de engenharia, e combustíveis que reduzem a dependência do petróleo e o peso dos veículos, além de melhorar a eficiência do consumo de combustível.